Governo de Pernambuco divulga nova tabela do IPVA

tabela-ipva-novaGoverno divulga nova tabela do IPA

AGENDA do governador Paulo Câmara desta sexta-feira, 09 de dezembro

governo de pernambuco - logo
 
8h30 – Visita o município de Surubim acompanhado do presidente Michel Temer
Local: Barragem de Jucazinho, Surubim – PE

11h40 – 
Visita o município de Floresta acompanhado do presidente Michel Temer
Local: Estação de Bombeamento EBV-3, Floresta – PE

Ouça agora – Comentando os fatos – 07.12.2016

 

TSE fará cinco sessões plenárias de 13 a 16 de dezembro

Plenário do TSE vazio

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) realizará cinco sessões plenárias na próxima semana. Além das sessões ordinárias jurisdicionais e administrativas de terça e quinta-feira (13 e 15 de dezembro), respectivamente a partir das 19h e 9h, a Corte Eleitoral fará sessões extraordinárias jurisdicionais e administrativas na quarta e quinta-feira (14 e 15 dezembro), a partir das 19h, e na sexta-feira (16), a partir das 9h.

Dessa forma, o Plenário do TSE se reunirá na quinta-feira (15) por duas vezes em sessão para o julgamento de processos, às 9h e às 19h.
A sessão de encerramento do ano forense do TSE ocorrerá na segunda-feira (19), às 12h. Já a sessão de abertura do primeiro semestre forense de 2017 está marcada para o dia 1º de fevereiro, quarta-feira, às 19h.
EM/RC

Ministro das Cidades promete R$ 9 milhões para Feira da Sulanca de Caruaru

bruno araújo - divulgação-PSDB-PE

O ministro das Cidades, Bruno Araújo, prometeu à prefeita eleita de Caruaru, Raquel Lyra (PSDB), uma ajuda de R$ 9 milhões para ela iniciar as obras de requalificação do Parque 18 de Maio e a realização dos estudos de viabilidade para transferência da Feira da Sulanca.

Tirar essa Feira do centro da cidade foi uma das promessas de campanha da prefeita eleita, que é do mesmo partido do ministro.

“E preciso unir forças para superar os desafios que estão postos e o da Feira da Sulanca é um deles”, declarou Raquel Lyra.

Transferir esta Feira para outro local é uma promessa já feita e não cumprida por vários prefeitos porque os próprios sulanqueiros vêem com reserva essa transferência.

Na última eleição municipal, entretanto, Raquel Lyra prometeu bancar essa transferência e garante que a promessa será cumprida.

Câmara aprova o texto-base da reforma do Ensino Médio

Mendonça Filho - foto Beto Oliveira - Agência Câmara

A Câmara dos Deputados aprovou na noite de ontem (7), por 263 votos a favor, 106 contra, e 3 abstenções, o texto-base da Medida Provisória nº 726/2016 que altera a grade curricular do ensino médio no país.

O ministro da Educação, Mendonça Filho, que acompanhou a votação na Câmara, ficou satisfeito com o resultado.

“O último resultado do Pisa demonstra claramente a falência do ensino médio brasileiro e a gente precisa gerar perspectivas de futuro, valorizar a flexibilidade do ensino e o protagonismo do jovem na definição da sua própria trajetória rumo à educação técnica profissionalizante ou rumo à universidade”, declarou o ministro.

Segundo ele, o ensino médio brasileiro precisa ser mais atrativo para o jovem, motivo pelo qual a Câmara Federal agiu corretamente “para que a gente possa modernizar a educação em nosso país”.

Na próxima semana serão votados os destaques e depois o projeto seguirá para votação no plenário do Senado. A validade da MP se encerrará no próximo mês de março.

O ministro lembrou que a discussão em torno da reforma do ensino médio está em curso no Brasil há mais de uma década. Mas somente agora, na gestão de Michel Temer, o governo federal entrou em ação e editou uma Medida Provisória tratando da questão.

Ele disse também que os dados do ensino médio são preocupantes, considerando que os jovens de hoje sabem menos matemática e português do que sabiam na década de 1990.

“Há um diagnóstico consensual de que a educação brasileira e principalmente o ensino médio estão na UTI. Por isso, exigia-se providência imediata”, acrescentou.

A proposta do novo Ensino Médio visa a flexibilizar o currículo escolar, ampliar a jornada e reforçar o ensino profissionalizante. Além disso, busca melhorar a gestão escolar, o peso e a divisão dos recursos públicos alocados para a área da educação.

Além disso, valoriza a formação dos professores e dá mais liberdade para que o estudante escolha as áreas de conhecimento de seu interesse, de acordo com sua vocação ou projeto de vida.

fonte: inaldo sampaio

“Lei Seca” tem dado resultados em Pernambuco, diz Severino Ninho

severino_ninho_foto_agência câmara

O deputado Severino Ninho (PSB-PE), um dos poucos da bancada federal do PSB que defendem na tribuna o governo Paulo Câmara, elogiou o trabalho que vem sendo feito no Estado por meio da “Operação Lei Seca” desde o ano de 2011.

Segundo ele, nesses cinco anos de trabalho, mas de 1 milhão e 700 mil veículos foram abordados pelos agentes estaduais das diversas secretarias envolvidas na “Operação”.

Essas abordagens, acrescentou, contribuíram enormemente para a redução do número de acidentes automobilísticos no Estado de Pernambuco.
“Para alcançar esses resultados, os agentes já realizaram 1,7 milhão de testes com etilômetros. Desse total, 32 mil condutores sofreram sanções administrativas e 1,5 mil foram enquadrados criminalmente por alcoolemia”, disse o parlamentar pernambucano.

Temer vai a Salgueiro e Surubim nesta sexta (9)

temer-presidente

Mariana Araújo

O presidente Michel Temer (PMDB) terá sua primeira agenda no Nordeste nesta sexta-feira (9). Ele virá a Pernambuco e ao Ceará. A agenda se inicia em Pernambuco, onde Temer visitará as cidades de e Surubim e Salgueiro. O governador Paulo Câmara (PSB) acompanhará as agendas. À tarde, o peemedebista segue para Fortaleza.

A primeira parada será em Surubim, ás 9h40, onde o presidente visitará a Barragem de Jucazinho. A assessoria da Presidência da República não divulgou detalhes da agenda, mas há a expectativa que Temer lance o edital para as obras de recupração da barragem. O reservatório, que abastece pelo menos 12 cidades do Agreste, está praticamente seco. Há municípios que passa até 20 dias sem receber água.

Desde setembro do ano passado que cidades como Caruaru, Bezerros e Gravatá são abastecidas por outros manaciais. Em setembro, o ministro da Integração Nacional, Helder Barbalho, afirmou que o governo estava avaliando se seria necessária uma ação emergencial na barragem. A declaração foi dada durante a reunião do Conselho Deliberativo da Sudene.

Jucazinho está em operação há 18 anos. O Ministério da Integração já havia solicitado ao Ministério do Planejamento a inclusão da obra da barragem no Programa de Aceleração do Crescimento (PAC). Os documentos necessários para a recuperação já foram elaborados pelo Departamento Nacional de Obras Contra as Secas (Dnocs).

Em Salgueiro, Temer fará uma visita à Estação de Bombeamento 3 do Eixo Oeste da Transposição do Rio São Francisco. O presidente fará um sobrevoo na obra e descerá na estação, por volta das 12h30. Segundo a assessoria, será apenas uma visita técnica e não haverá fala nem presença de convidados.

Até à noite dessa quarta (7), o prefeito da cidade, Marcondes Libório de Sá (PSB), não havia sido comunicado da visita do presidente. “Não foi feito nenhum contato”, afirmou. “Só vejo uma possibilidade dele aqui: a Transposição, mas a obra está parada há cerca de quatro meses”, acrescentou.

FORTALEZA

Na tarde da sexta-feira (9), Temer segue para Fortaleza, onde fará a assinatura do decreto que regulamenta a lei nº 13.340, que prevê a liquidação e renegociação de dívida de crédito rural. A solenidade será no Banco Rural de Fortaleza, às 16h30.

Pagamento do IPVA é adiado de janeiro para fevereiro

Paulo-C2

O pagamento da cota única e da primeira parcela do Imposto sobre Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) será adiado de janeiro para fevereiro de 2017. A decisão foi toada hoje pelo governador Paulo Câmara, em reunião com o secretário da Fazenda, Marcelo Barros. Foi mantido o pagamento da parcela única com o desconto ampliado de 5% para 7%. “A decisão foi tomada com o objetivo de permitir que o contribuinte possa planejar melhor seus pagamentos no início do ano e reconhecendo o curto prazo existente do anúncio até o pagamento em janeiro. E o desconto maior para a parcela única foi mantido”, disse o governador Paulo Câmara.

O governador Paulo Câmara lembrou que 50% dos recursos obtidos com o IPVA são repassados para os municípios. “Foi uma forma que encontramos de também ajudar os municípios pernambucanos, neste início de 2017. A crise econômica nacional tem levado muitas prefeituras a suspenderem, por exemplo, serviços de saúde, o trabalho de combate às arboviroses. A antecipação desse dinheiro chegará num momento importante”, argumentou Paulo.

O que também sofreu uma redução foi o valor do próprio IPVA em 2017: dados da Fundação Instituto de Pesquisas Aplicáveis (FIPE), mostram que o valor venal dos veículos caiu 3,8% em 2016 em comparação com 2015.  No caso dos automóveis, a redução foi de 4,5%. Já para caminhões, o preço diminuiu, em média, 6,3%.  O valor do IPVA ficará menor porque ele tem como base os preços divulgados na Tabela FIPE.

Postado por Magno Martins

Caruaru: equipe presidencial faz vistoria em aeroporto

temer5_20161203085539

Ontem, um avião da Força Aérea Brasileira (FAB) e um helicóptero responsável pelo translado da Presidência da República, pousaram no Aeroporto Oscar Laranjeiras, em Caruaru. De acordo com apuração da reportagem da Rádio Cultura, uma comitiva do presidente Michel Temer deve chegar à cidade entre hoje e amanhã para acompanhar a passagem do chefe do Executivo Nacional, que tem chegada prevista nesta sexta-feira, às 9h.

De acordo com o gestor do aeroporto, Rui Sales, neste momento acontece uma reunião com o cerimonial da Presidência da República, militares e outros profissionais. Outra comitiva de Temer já está na cidade de Surubim, onde ele cumprirá agenda.

Postado por Magno Martins

Temer escolhe Imbassahy para “superpasta” de governo

 imbassahy

O presidente Michel Temer escolheu o líder do PSDB na Câmara, Antonio Imbassahy (BA), para assumir uma turbinada Secretaria de Governo. O anúncio do tucano para a pasta, que será reformulada com o ganho de novas atribuições, deverá ocorrer até no máximo a segunda-feira. A troca na Secretaria de Governo foi antecipada pela Coluna do Estadão e em reportagens do Broadcast Político, serviço de notícias em tempo real do Grupo Estado.

Imbassahy vai substituir no cargo o também baiano Geddel Vieira Lima, amigo de Temer, que pedira demissão há duas semanas após ser acusado pelo ex-ministro da Cultura Marcelo Calero de ter pressionado para rever uma decisão que embargava um empreendimento imobiliário em que o ex-titular da Secretaria de Governo tinha cargo.

A ampliação do espaço do PSDB – que receberá o quarto ministério na Esplanada dos Ministérios – visa a aumentar o protagonismo do partido nas decisões de governo, inclusive com a busca de ações de reanimação para a economia brasileira.

A primeira conversa do aumento da participação do PSDB ocorreu no dia da queda de Geddel, quando Temer almoçou com a cúpula do PSDB, inclusive o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso. Nos últimos dias, as conversas do governo com a cúpula tucana se intensificaram. Imbassahy esteve ontem no Planalto e assistiu com Temer e dois governadores tucanos – Beto Richa (PR) e Marconi Perillo (GO) – ao julgamento do Supremo Tribunal Federal (STF) que manteve Renan Calheiros (PMDB-AL) na Presidência do Senado. O próprio Renan era um defensor público do aumento da participação do PSDB no governo.

Núcleo duro

O presidente do PSDB, senador Aécio Neves (MG), trabalhou ativamente, nos últimos dias, para emplacá-lo no cargo. A avaliação da maioria da legenda é que o líder tucano – ex-prefeito de Salvador – é o primeiro passo para que o partido tenha assento no “núcleo duro” do governo.

Desde que vieram à tona notícias de que os tucanos querem “fritar” o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, porém, criou-se um clima de constrangimento. Temer não gostou das críticas do PSDB, saiu em defesa de Meirelles e disse que mantém toda a confiança no comandante da equipe econômica.

Confirmado na Secretaria de Governo, Imbassahy será o quarto ministro do PSDB no governo Temer. O partido já comanda os ministérios das Cidades (Bruno Araújo), da Justiça (Alexandre de Moraes) e das Relações Exteriores (José Serra).

A indicação do parlamentar baiano para a reformulada Secretaria de Governo também faz parte da negociação para amarrar o apoio do PSDB à reeleição do atual presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), ao comando da Casa. Imbassahy era um dos tucanos que queriam disputar a sucessão de Maia.

O ainda líder do PSDB – o detentor do cargo será trocado na próxima quarta-feira (14) – vinha articulando nos bastidores para manter algum cargo político de destaque. Ele disputa internamente no PSDB da Bahia para ser o candidato do partido ao Senado na chapa DEM/PSDB/PMDB das eleições de 2018.

A intenção trilhada por dirigentes das três legendas é repartir da seguinte forma a chapa eleitoral: Imbassahy ou outro tucano para o Senado; a segunda vaga de senador seria do PMDB, Geddel Vieira Lima ou algum indicado dele; e o postulante ao governo baiano seria o atual prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM).

Armando silenciou sobre obras hídricas

Por Nilton Mota*

É lamentável que o senador Armando Monteiro venha tentar tirar proveito eleitoral de uma seca que aflige, há seis anos, os milhões de nordestinos e não apenas os pernambucanos.

Dos R$ 2,5 bilhões investidos até agora pelo Governo Paulo Câmara, R$ 682 milhões foram em recursos hídricos, 30%, portanto. A Compesa, sozinha, investiu mais de R$ 500 milhões, o que soma quase R$ 1,2 bilhão em investimentos na área. Talvez o senador, por viver tão distante de Pernambuco, não tenha essas informações.

O governador Paulo Câmara e seus colegas do Nordeste têm alertado a União para o problema da seca na Região desde o Governo Dilma, o mesmo do qual o senador fez parte.

O senador Armando ficou calado quando o Governo Dilma, do qual fazia parte como ministro, praticamente parou a Adutora do Agreste. Ele simplesmente se omitiu.

O governador Paulo Câmara não ficou parado e determinou a construção de uma alternativa para levar água da Mata Sul para o Agreste, por meio do Sistema Pirangi, que vai captar água no rio de mesmo nome, em Catende, na Mata Sul, para incrementar o Sistema do Prata. E vai entrar em operação no início de 2017.

Há poucos dias, o governador Paulo liderou uma reunião dos governadores nordestinos que foi decisiva na negociação com o Governo Federal para assegurar mais recursos para a nossa região. Inclusive amanhã (09/12) será dada pelo Governo Federal, Ordem de Serviço para execução de obra de R$ 34 milhões para levar água da Barragem de Sirigi (Mata Norte) a nove municípios do Agreste Setentrional. Desde o início de 2015 o Governo de Pernambuco tinha disponibilizado o projeto à Presidente Dilma, que nada fez.

Pergunta-se assim, qual iniciativa produtiva sobre a questão o senador fez até o momento?

O Governo de Pernambuco fez uma reunião com a bancada federal para discutir as prioridades de Pernambuco no Orçamento Geral da União e o senador se ausentou. Em parceria com a bancada federal, o governador Paulo conseguiu priorizar as emendas parlamentares para a área de recursos hídricos.

Não é com discursos oportunistas na tribuna do Senado – visando apenas projetos eleitorais pessoais – que vamos enfrentar e vencer o desafio da convivência com a seca.

Secretário Nilton Mota 2 (1)

*Secretário de Agricultura e Reforma Agrária de Pernambuco

Ministros de PE acompanham visita de Temer no Estado

Do Blog da Folha

Os ministros Bruno Araújo (Cidades), Fernando Filho (Minas e Energia) e Mendonça Filho (Educação) acompanharão o presidente da República, Michel Temer (PMDB), em sua primeira visita oficial ao Estado, amanhã. Segundo a assessoria da presidência, a comitiva visitará os municípios de Surubim e Floresta.

Em Surubim, Temer visitará a Barragem de Jucazinho, onde assinará duas ordens de serviço: uma para implantação de uma adutora para interligar o sistema Pirangi, que fica no município de Catende, até a Sirigi, na cidade de Vicência; e outra para autorizar obras para a recuperação da barragem.

De acordo com nota da assessoria de Fernando Filho, o reservatório está praticamente seco, comprometendo seriamente o abastecimento de água para todo o Agreste. “A barragem, que existe há 18 anos, jamais esteve num estado tão crítico”, relata o texto.

O governador Paulo Câmara (PSB) irá receber a comitiva em Caruaru, por volta das 8h. O grupo seguirá de helicóptero para Surubim, onde deve chegar às 9h40. O secretário estadual de Desenvolvimento Econômico, Thiago Norões, e o presidente da Compesa, Roberto Tavares, também acompanharão de perto a visita.

Depois da primeira visita, o grupo voltará para Caruaru, e seguirá em outro helicóptero para Floresta, por volta das 11h30, onde visitará as obras de Transposição do Rio São Francisco.

Em conversa com a Folha de Pernambuco, o ministro Raul Jungmann disse que não poderá comparecer a agenda por estar acompanhando a formatura de oficiais da Aeronáutica e Marinha em Brasília.

Depois de cumprir agenda no Estado, Temer seguirá, ainda na sexta, para a Fortaleza, no Ceará, onde irá assinar um decreto que regulamente a lei nº 13340 que prevê a liquidação e renegociação de dívida de crédito rural.

Das 50 cidades mais violentas do mundo, 21 estão no Brasil

mun

Um dos maiores problemas enfrentados pelo Brasil é a violência, que é medida pelo número de homicídios registrados em comparação com a quantidade de habitantes existentes na mesma cidade. O Brasil é o país do mundo com o maior número de cidades entre as mais violentas, no ano de 2015, de acordo com um ranking internacional publicado no último dia 25 de novembro.

A lista é divulgada todos os anos pelo Conselho Cidadão para a Segurança Pública e a Justiça Penal, incluindo apenas cidades com mais de 300 mil habitantes.

Segue a lista das 50 cidades: 1° – Caracas (Venezuela) – 119.87 homicídios/100 mil habitantes. 2° – San Pedro Sula (Honduras) – 111.03. 3° – San Salvador (El Salvador) – 108.54. 4° – Acapulco (México) – 104.73. 5° – Maturín (Venezuela) – 86.45. 6° – Distrito Central (Honduras) – 73.51. 7° – Valencia (Venezuela) – 72.31. 8° – Palmira (Colômbia) – 70.88. 9° – Cidade do Cabo (África do Sul) – 65.53. 10° – Cali (Colômbia) – 64.27. 11° – Ciudad Guayana (Venezuela) – 62.33. 12° – Fortaleza (Brasil) – 60.77. 13° – Natal (Brasil) – 60.66. 14° – Salvador e região metropolitana (Brasil) – 60.63. 15° – ST. Louis (Estados Unidos) – 59.23. 16° – João Pessoa (Brasil) – 58.40; 17° – Culiacán (México) – 56.09; 18° – Maceió (Brasil) – 55.63; 19° – Baltimore (Estados Unidos) – 54.98; 20° – Barquisimeto (Venezuela) – 54.96; 21° – São Luís (Brasil) – 53.05; 22° – Cuiabá (Brasil) – 48.52; 23° – Manaus (Brasil) – 47.87; 24° – Cumaná (Venezuela) – 47.77; 25° – Guatemala (Guatemala) – 47.17; 26° – Belém (Brasil) – 45.83; 27° – Feira de Santana (Brasil) – 45.50; 28° – Detroit (Estados Unidos) – 43.89; 29° – Goiânia e Aparecida de Goiânia (Brasil) – 43.38; 30° – Teresina (Brasil) – 42.64; 31° – Vitória (Brasil) – 41.99; 32° – Nova Orleans (Estados Unidos) – 41.44; 33° – Kingston (Jamaica) – 41.14; 34° – Gran Barcelona (Venezuela) – 40.08; 35° – Tijuana (México) – 39.09; 36° – Vitória da Conquista (Brasil) – 38.46; 37° – Recife (Brasil) – 38.12; 38° – Aracaju (Brasil) – 37.70; 39° – Campos dos Goytacazes (Brasil) – 36.16; 40° – Campina Grande (Brasil) – 36.04; 41° – Durban (África do Sul) – 35.93; 42° – Nelson Mandela Bay (África do Sul) – 35.85; 43° – Porto Alegre (Brasil) – 34.73; 44° – Curitiba (Brasil) – 34.71; 45° – Pereira (Colômbia) – 32.58; 46° – Victoria (México) – 30.50; 47° – Johanesburgo (África do Sul) – 30.31; 48° – Macapá (Brasil) – 30.25; 49° – Maracaibo (Venezuela) – 28.85; 50° – Obregón (México) – 28.29.

De acordo com a lista divulgada percebemos que a violência está ganhando a guerra contra as instituições de segurança do Brasil. Uma das explicações, é a falta de valorização dos profissionais de segurança pública, que atuam nesse combate tão difícil e diário para proteger a vida dos cidadãos e as vezes perdem a própria vida.

Gostaria, mais uma vez de solicitar a contribuição de todos os leitores e internautas para que você deixe sua contribuição, e opine, por qual motivo o país está com esse índice alarmante de violência. Se você concorda que o problema é a falta de valorização do profissional ou outro problema como as leis muito brandas, a impunidade, enfim, participe conosco interagindo pelo meu e-mail pessoal: ericklessa04@gmail.com. Fique atento a próxima edição, que é divulgada todas as segundas aqui no blog. Fonte: do Adielson Galvão.

Brasil perde presidentes da República, Câmara e Senado

Do UOL

Em menos de cem dias, o Brasil perdeu a presidente da República e os presidentes da Câmara e Senado. Tudo começou em 31 de agosto, quando o Senado Federal foi decidiu, por 61 votos a 20, a condenar Dilma Rousseff pelo crime de responsabilidade e retirar o seu mandato de presidente da República. A petista foi punida pela edição de três decretos de crédito suplementar, sem autorização legislativa, e por atrasos no repasse de subvenções do Plano Safra ao Banco do Brasil, em desacordo com leis orçamentárias e fiscais

Menos de duas semanas depois, em 12 de setembro, foi a vez de Eduardo Cunha (PMDB-RJ), que teve o mandato cassado sob a acusação de ter mentido ao afirmar que não possuía contas no exterior em depoimento na CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) da Petrobras no ano passado. O então presidente da Câmara –que já estava afastado do cargo desde maio– perdeu o mandato, o foro privilegiado e fica inelegível até 2027. Cunha ainda viria a ser preso no dia 19 de outubro, seis dias depois de se tornar réu na Operação Lava Jato.

E nesta segunda, 5 de dezembro, o ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Marco Aurélio Mello decidiu afastar o senador Renan Calheiros (PMDB-AL) da presidência do Senado. A decisão mantém o mandato do senador.

A decisão do ministro Marco Aurélio em atende a ação movida pelo partido Rede Sustentabilidade. O argumento é o de que o peemedebista não poderia permanecer na linha de substituição do presidente da República sendo réu em processo criminal.

“Defiro a liminar pleiteada. Faço-o para afastar não do exercício do mandato de senador, outorgado pelo povo alagoano, mas do cargo de presidente do Senado o senador Renan Calheiros. Com a urgência que o caso requer, deem cumprimento, por mandado, sob as penas da lei, a esta decisão. Publiquem”, diz decisão do ministro.

Linha sucessória

Na semana passada, o STF decidiu abrir processo e transformar Renan em réu pelo crime de peculato (desvio de dinheiro público). A decisão pelo afastamento é liminar, ou seja, foi concedida numa primeira análise do processo pelo ministro, mas ainda precisa ser confirmada em julgamento pelos 11 ministros do Supremo. Ainda não há previsão de quando o processo será julgado em definitivo.

O mandato de Renan à frente da presidência terminaria em fevereiro, mas, na prática, ele exerceria o comando do Senado apenas até o final deste mês, quando o Congresso deve entrar em recesso. O afastamento do senador pode causar instabilidade política para a aprovação de projetos importantes para o governo do presidente Michel Temer (PMDB).