Conheça o Playstation 4

ps4

 

Esta é uma mudança de geração bastante atípica. Por mais que rumores e polêmicas sejam comuns com a chegada de novos consoles, o lançamento do PlayStation 4 e do Xbox One potencializou tudo isso e fez com que o público acompanhasse cada novidade dessa novela em tempo real. Sony e Microsoft viraram protagonistas de um reality show que serviu apenas para aumentar as expectativas quanto ao que estava por vir.

 

Console:

Depois de muita espera, eis que o primeiro competidor  pela corrida da nova geração finalmente entrou em campo. E,  com o PS4 em mãos, percebemos como o terceiro console da Sony envelheceu nestes quase sete anos de diferença entre os dois. Se o PS3 chegou ao mundo grande, pesado, caro e com visíveis problemas, desta vez, tudo está diferente. A Sony aprendeu muito bem a lição com os tropeços passados e traz um aparelho voltado a corrigir cada uma das falhas de seu sistema atual (quando falamos no preço, consideramos o mercado americano).

Mas será que o Playstation 4 terá fôlego para aguentar os mesmos sete anos de seu antecessor? Se depender da empresa, talvez até mais que isso. A máquina ostenta um hardware poderoso construído com a ajuda dos desenvolvedores, além de trabalhar com uma arquitetura mais familiar aos programadores: o x86.

E diante de todo o hype criado em torno do console e da nova geração, resta a dúvida: será que o PS4 consegue ser poderoso o suficiente para suprir todas as expectativas? “A grandeza o espera”, diz a Sony, mas o que encontramos quando finalmente colocamos as mãos no aparelho?

Isso é o que nós vamos descobrir.

 

Design:

O visual do Playstation 4 não lembra nem um pouco o desenho inicial do Playstation 3. Felizmente, a Sony abandonou o formato “grill” do console anterior e criou uma plataforma elegante e com visual mais sóbrio e discreto.

Além disso, as duas metades — superior e inferior — parecem flutuar uma sobre a outra quando olhamos o console de frente. É justamente nessa parte discreta e inclinada que ficam as duas entradas USB frontais do console.

Outro detalhe interessante é a linha vertical que cruza toda a parte superior da plataforma. Na frente do console, essa linha é dividida em dois botões: Eject e Power. Em cima, ela acende e indica se o console está ligado, em espera ou com problemas.

O Playstation 4 tem o design mais elegante de todos os consoles da Sony até hoje. O seu visual lembra um eletrônico tradicional e possui linhas que se adaptam facilmente a qualquer rack de eletrônicos sem chamar atenção demais.

 

HARDWARE:

O planejamento da nova máquina começou pouco tempo após o lançamento do PlayStation 3. Mais precisamente, cerca de um ano depois. A Sony colheu os frutos — doces e amargos — do lançamento do console e partiu para o projeto do PS4.

A empresa baseou o projeto do aparelho na parceria com os desenvolvedores, ou seja, ela se reuniu com os principais estúdios de jogos do mundo e perguntou em que tipo de máquina eles queriam trabalhar na próxima geração. Entre os principais requisitos estava um aparelho com memória unificada, ou seja, vídeo e sistema compartilhando os mesmos bits de dados.

Quem ficou a cargo de desenvolver CPU e GPU foi a AMD, que criou uma APU personalizada para o sistema. Dentro do chip estão oito núcleos da arquitetura Jaguar (x86) dividindo espaço com a GPU, uma versão modificada dos chips Radeon.

De acordo com a Sony, o chip gráfico do PlayStation 4 possui capacidade de processamento de 1,84 TFLOPS e é capaz de realizar a renderização de gráficos, física e muito mais. A GPU é baseada na arquitetura GCN — Graphics Core Next — da AMD. O chip possui 18 unidades de computação, o que resulta em 1152 Engine Shaders e 72 unidades de textura.

Os 8 GB de memória GDDR5 rodam a 5.500 MHz com uma banda de 256 bits, resultando em uma velocidade de 176 GB por segundo. Se compararmos essas especificações com as de um PC atual, temos uma máquina excelente, mas ainda mediana. A diferença é que, sendo um console, é possível otimizar 100% do código dos jogos para o hardware, permitindo criar games com efeitos visuais incríveis.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.