POLICIAIS FEDERAIS FAZEM CAMINHADA FÚNEBRE DURANTE A JORNADA MUNDIAL DA JUVENTUDE

policia federal

O objetivo é lembrar os policiais que morreram no exercício da profissão

O Sindicato dos Policiais Federais de Pernambuco – SINPEF-PE – continua com a agenda de mobilizações em todo o país, pela democratização da POLÍCIA FEDERAL. Nesta terça-feira (23), a manifestação pública de Policiais Federais de todo o país acontece no Rio de Janeiro, durante a visita do Papa Francisco ao Brasil, na Jornada Mundial da Juventude – JMJ. Os Policiais Federais realizarão uma caminhada que terá início às 9h, em frente à Superintendência da Polícia Federal no Rio de Janeiro.

Os policiais federais irão prestar uma homenagem à Categoria, principalmente aqueles servidores que no exercício do trabalho faleceram em crises de depressão e demais problemas psíquicos. Os recentes dados da pesquisa de ambiente organizacional realizada pelo Sindicato Nacional da Categoria comprovam o alto índice de doenças, desmotivação e suicídios, os quais vêm sendo ignorados por gestores do órgão.

Em respeito ao Santo Padre, fiéis e turistas que visitam o país nesse período, o manifesto será de forma diferente e com valorização aos princípios éticos que sempre fundamentaram a atuação sindical da Fenapef. Os dirigentes sindicais demonstraram preocupação no sentido de que a mobilização durante a visita papal não envolva aspectos políticos e intolerância, além da presença de baderneiros que se aproveitam da ocasião.

Semana passada, uma comitiva do Sinpef-PE marcou presença na marcha dos policiais federais e no lançamento da Frente Parlamentar de Apoio à Reestruturação da Polícia Federal, em Brasília. Foram debatidos projetos para aprimorar a Segurança Pública e promover a reestruturação da Polícia Federal, que sofre com o corte de verbas para os serviços básicos e a desvalorização dos policiais federais, Escrivães, Papiloscopistas e Agentes da Polícia Federal, que buscam melhores condições de trabalho que resulte em mais qualidade nos serviços oferecidos à população.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.